sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

A PAZ


A PAZ

 

A paz forma-se do interior para o exterior,

Parte do coração, cabeça, corpo,

Manifesta-se pelas expressões,

Atitudes e comportamentos

Suavemente realizados!

 

A paz realiza-se sob a forma

De coerência e coesão conceptual,

Consensos conseguidos em diálogo,

De calma na contensão da cólera,

Capacidade para tolerar,

Cortesia na colisão de choques

Competência para perdoar falhas

Condições para as cincas consertar com cordialidade,

Com cautela, sacrifício  e carinho

Remove-se causas que perturbam a paz interior

Sob a capa de pequenos gestos de arrogância,

Conspurcas formas de vida, com bazófia

E insolência, de mãos dadas ao sarcasmo

Funcionam como ácido caído sobre o veludo da paz.

 

Ao contrário de contrariar outros com cardos

Para provocar nele reações adversas,

Confrontos conflituantes,

Controvérsias de opiniões insistentes,

Agressividades corriqueiras e exibições…

Construa a sua paz interior e contagie

Os outros, combinando paz, amor e carinho

Alicerçados na amizade, de coração

Lavado e desistido da inveja e do ódio.

 

Amália Faustino

Cidade da Praia, 3 de janeiro de 2014